Livro: Timeu e Crítias ou a Atlântida

Neste volume, Platão nos premia com um texto leve e direto. Diferente de outras obras deste autor, cuja densidade filosófica por vezes cansa o leitor, aqui são relatadas sob forma de discurso três grandes temáticas: cosmogonia – origem do cosmos, antropogênese – origem do homem, e um breve ensaio sobre a presumida sociedade Altante.

Trata-se de um diálogo entre quatro personagens filósofos, a saber: Sócrates, Timeu, Crítias e Hermócrates. Timeu discursa a primeira parte da obra e fala sobre a origem do universo e do homem; aqui encontra-se a maior parte do livro, que vão de temas como a obra de Zeus em criar o ambiente para que o universo se desenrolasse, até como se deu a formação do homem, dos animais e dos vegetais. Atreve-se, inclusive, a discursar um pouco sobre o sentido da vida na sua visão.

Na segunda e última parte, Crítias relata uma história que ouviu de seu avô sobre a existência de uma sociedade avançadíssima, que um dia entrou em conflito bélico com a antiga Grécia. E que ambas as sociedades sucumbiram devido à eventos naturais.

É curioso observar como já nesta época Platão discorria sobre temas como vida após a morte, alma, espírito, unidade consciencial e a existência de vários veículos de manifestação humana. O texto muitas vezes recorre a referências de outra obra de Platão: A República; devidamente anotadas em rodapé. Por falar nisso, toda a redação é acompanhada de notas do tradutor, inclusive com a tradução de termos originais em grego, que julgo de excelente auxílio, pois faz o leitor mergulhar ainda mais na viagem da leitura.

NÍVEL: Apesar dessa ser uma obra tida como uma das mais difíceis de Platão, os comentários do autor facilitam o entendimento ao ponto de sua leitura ser possível para todos. Leitores que já passaram por outras obras de cosmogonia/cosmogênese tenderão a ter um melhor aproveitamento e entendimento do texto. A linguagem é rebuscada, estilo dissertativo-filosófico.

Referências externas:
https://pt.wikipedia.org/wiki/Timeu_(di%C3%A1logo)

TIMEU E CRÍTIAS OU A ATLÂNTIDA
AUTOR: PLATÃO (tradução de Edson Bini)
ANO: 2012 (1ª Edição)
191 páginas
EDITORA Edipro


Post criado por:
Pedro Nunes Neto

Pedro tem background em tecnologia da informação, e é bacharel em fotografia. É astrônomo amador, amante da natureza e aprendiz eterno da espiritualidade. Universalista convicto, é leitor de temas como física quântica, doutrinas orientais, Conscienciologia, ocultismo, cosmogonia, ufologia e meditação.

Email: pedrones@gmail.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s