Livro: Ministério de Cura para Leigos

Para algumas linhas de ensinamento as especialidades mediúnicas, também chamadas de competências parapsíquicas são dons dados por Deus. Não falam de mediunidade, falam de Dom. Temos o Dom das Línguas que é falar outras línguas sem nunca tê-las estudado. O Dom de Profecias, que é o dom daquele que anuncia as mensagens de Deus. O Dom dos Milagres, que é uma intervenção sobrenatural no evento e curso das coisas. Todos esses dons estão relacionados com outro dom que é o Dom da Fé, uma confiança íntima em Deus.

De todos os dons, talvez o mais almejado e conhecido seja o Dom da Cura.
Apesar de ser dado por Deus, a cura pode ser alcançada pela nossa própria vontade.
Esse tema da Cura, as condições para ela acontecer e seus efeitos, são foco do livro “Ministério de Cura para leigos” escrito pelo já falecido Padre Robert DeGrandis da Renovação Carismática.

A Renovação Carismática é um movimento oficial da Igreja Católica Apostólica Romana que surgiu nos Estados Unidos em 1967, no Brasil em 1970. A Renovação Carismática tem como objetivo a experiência do amor de Deus, pela força do Espírito Santo e de seus dons.

A Renovação Carismática é organizada em mais de 10 “ministérios” tais como o Ministério de Pregação, Ministério de Música e Artes e o Ministério de Oração. Nesse livro, Padre Robert DeGrandis vai falar do Ministério de Cura.

Logo no início do livro, o padre nos explica que é errado acreditar que Deus nos envia tudo incluindo os castigos e doenças. Na igreja católica o sofrimento não vem de Deus, a cura sim.

Se é assim, surge a pergunta: Se Jesus quer nosso bem, porque ele simplesmente não nos dá a cura?
O padre responde: “Porque vocês se mantém longe. Deveriam se aproximar de Jesus. Aí terás a cura.”

A receita é oração. O principal caminho que o fiel deve buscar é a oração. O racional apresentado é que através da oração acalmamos a mente, o corpo e o espírito. Assim a fé pode ser fortalecida e o poder do Espírito Santo possa fluir.

O autor não vai entrar nos detalhes de cada cura que Jesus fez. Isso foi feito em seu livro anterior. Nesse livro “Ministério de Cura para leigos”, Robert DeGrandis desenha um panorama das diversas formas de cura dentro da igreja. Primeiro, deixando claro que “cura” não seja entendida como medicina alternativa e sim um processo espiritual completo. Diz ele: “Quando somos curados, Deus nos chama para que sejamos curados completamente, para que nos convertamos. Conversão significa ‘retorno’. Ele quer que retornemos a Ele para sermos totalmente curados.

Padre Robert DeGrandis classifica as curas nos seguintes tipos:

  • CURA CARISMÁTICA: que é aquela através de uma imposição de mãos. São inúmeros os casos de cura por imposição de mãos feitas por Jeses. Diz o padre: “quando o bispo nos impõe as mãos, isso produz um aumento na vida do Espírito Santo em nós que nos permite testemunhar mais plenamente Jesus Cristo em nossas vidas.
  • CURA SACRAMENTAL: acontece de diversas formas. A primeira delas é o batismo. “Através do Batismo acreditamos na ocorrência de uma modificação radical na criança e no adulto; acreditamos que uma nova vida emerge neles desde o momento em que o Espirítio Santo passa a habitá-los quando são batizados. Nesse sacramento o batizando dá uma guinada para Deus, abrindo uma oportunidade para que o Seu poder curador flua.” Além do batismo a cura sacramental também pode se dar pelas orações, confirmação da fé, reconciliação e confissão, unção dos enfermos e o matrimônio. Sim, isso mesmo. Todas essas são formas de cura, incluindo o matrimônio. O padre recomenda que “o marido deveria orar pela esposa com imposição de mãos e a esposa pelo marido”. Lembra o arco-voltaico da dupla evolutiva? Não estou dizendo que imposição de mãos e arco-voltaico sejam a mesma coisa, mas há uma semelhança no sentido do cuidar mútuo do casal. Caso queira saber o que é arco-voltaico clique aqui.
  • REPOUSO NO ESPÍRITO: Veja os dois vídeos ao final dessa página com um exemplo desse “repouso no espírito”. Para quem não conhece, o negócio impressiona. Segundo Robert DeGrandis, quando se repousa no espírito, “nossas funções físicas e psicológicas se desaceleram e a sensibilidade se intensifica no relacionamento com o Senhor, permitindo que Ele nos fale a níveis profundos”. Significa uma renovação, uma atualização do batismo.
    Esse tema do repouso no espírito, o que acontece, o que as pessoas relatam é assunto que vou abordar com mais detalhe num futuro post.

Me chamou atenção uma frase solta no livro onde o padre diz que “Um terço das curas operadas por Jesus no Novo Testamento foram obtidas mediante a expulsão de um espírito maligno.”

O livro é cheio de passagens relatando as curas que o reverendo testemunhou.

O livro não vai apresentar técnicas sobre cada uma dessas formas de cura que mencionei acima. A técnica é a oração. Não há uma discussão sobre corpos sutis, energias. Em sua visão o homem é uma coisa só. Diz ele: “Um princípio fundamental do ministério de cura é que o homem não pode ser separado em mente, corpo e espírito, a não ser analiticamente”.

O autor perde muito tempo numa discussão sobre pessoas que dizem que oram, que suplicam mas que Deus não quer curá-las. Ele explica que quando Deus não cura a pessoa é que ela não percebeu a dimensão da cura realizada ou não se permitiu ser curada. Robert DeGrandis enfatizará que o principal travão da humanidade que bloqueia a ação da cura é a incapacidade de perdoar o próximo e de se auto-perdoar. Já a fé, é a principal fonte de cura.

Apesar de ter aprendido com o livro não o recomendo. Essencialmente é o que está nesse post.
Não deixe de ver o vídeo abaixo com o “repouso no espírito”.

Livro: Ministério de Cura para Leigos
Título Original: Laymen’s Manual for the Healing Ministry
Ano: 1991 (em 1991 já se encontrava na oitava edição)
97 páginas
Autor: Robert DeGrandis
Editora: Edições Loyola – gráfica fundada pelos jesuítas há mais de 60 anos – http://www.loyola.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s