Livro: Search Inside Yourself

CONTEXTO DO LIVRO

Search Inside Yourself em português significa “Busque dentro de você”.
O título é uma brincadeira com o principal serviço que tornou a marca Google conhecida.
Mas a iniciativa é mais que uma brincadeira. O autor Chade-Meng Tan é engenheiro de software. Foi funcionário do Google desde o início. Em 2007, nos intervalos do trabalho começou a disseminar a prática de meditação com seus colegas de escritório. O tempo passou e ensinar meditação passou de atividade “extra” para atividade principal. Em 2015, com o apoio do próprio Google ele funda a Search Inside Yourself Leadership Institute (SIYLI) cujo site é http://siyli.org. Foi uma grande sacada que explico abaixo.

SIYLI vende para empresas e empresários um método de meditação que leva a imagem do Google. A certificação de professor de meditação já existia com a Meditação Transcedental e vários outros métodos menos conhecidos mas o Google tem um nome muito forte no meio corporativo. O mundo corporativo é rápido e a metodologia de meditação com padrão internacional SIY/Google já chegou para as empresas do Brasil.

SOBRE O LIVRO

O livro é fácil de se ler. É voltado para gente do mundo corporativo que escutou por aí sobre meditação e quer se enveredar. É um livro Best-Seller, campeão de vendas do NYTimes. Afinal um método de meditação do Google gera muita curiosidade não? Em mim gerou.

Mas o livro não vai te ensinar o método de meditação. Para isso você tem que pagar pelos cursos.

De forma bem super resumida, o livro é uma introdução sobre meditação para executivos. O conteúdo é uma mistura de mindfulness (atenção plena) e inteligência emocional. Com o mindfulness (atenção plena) se treina a atenção e a meta-atenção, que é a atenção da atenção.

Além dos recortes de frases e ensinamentos de pessoas famosas, empresários, psicólogos e até do Dalai Lama, o livro se apóia na neurociência para provar que meditação faz bem ao cérebro e a regulação de hormônios. Aí chegamos em quase metade do livro. Não há qualquer novidade.

Os valores ensinados são a calma, compaixão, humildade, justiça, mas o usuário (praticante) deve buscar construir seu próprio código pessoal de valores.
O livro tem uma compilação de técnicas para o dia a dia como meditação andando no escritório, body scan, hooponopono, visualização, tonglen. Me chamou atenção a técnica do “Mindful Conversation” que essencialmente é repetir o que outra pessoa fala enquanto o escutamos. E ao mesmo tempo devemos ficar atentos para o que acontece em nós quando alguém fala. É interessante. É praticamente a primeira parte da Teoria U de Otto Scharmer. Novamente, não há qualquer novidade mas é bom para quem está na estaca zero.

MATERPENSENE DO LIVRO

Segundo o autor, o objetivo a ser atingido com a meditação é ser bem sucedido na vida e no trabalho. Apresenta práticas contemplativas benéficas para a carreira e os negócios (página 3). Confesso que eu tenho muitas críticas a esses objetivos. Mas vamos em frente…

Além do sucesso na vida e no trabalho, o livro trata de assuntos como performance, liderança, felicidade, a rede de relacionamentos (network) dentro da organização, e habilidades para influenciar os outros. Dá uma pincelada em como que a meditação pode fazer um empregado “bem sucedido”.

O livro é leve e tem bom humor.
É um livro de auto-ajuda. Não é um livro de espiritualidade.

DISCORDÂNCIA

Como disse anteriormente, o livro é ótimo para quem está no mundo corporativo e na estaca zero da busca por espiritualidade. Mas o livro peca em vários sentidos que listo abaixo:

  • O livro passa uma falsa idéia de uma vida contemplativa.
  • O livro não liberta.
  • O livro não nos convida a refletir sobre nossos hábitos.
  • O livro não nos convida a refletir sobre o que é de fato mais importante na vida.
  • O livro não nos instiga a ajudar os outros. É tudo eu eu eu eu.
  • Em alguns momentos o livro passa do ponto e chega a ser apelativo. Vou dar um exemplo. Está lá na página 96: Escrevendo sobre você todos os dias durante 20 minutos por 5 dias seguidos sua chance de conseguir um emprego aumentará.
  • O livro praticamente não fala sobre ética no trabalho. Esse é um grande problema do mundo corporativo hoje e que simplesmente passa desapercebido.
  • O livro é um compilado do que disse o psicólogo tal, o empresário inovador de sucesso que ficou rico, a esportista campeã e claro, o que falou o Dalai Lama. O autor não coloca sua opinião pessoal.


Falta um corpo para um livro. Falta uma filosofia. É como que uma colcha de retalhos.

ADVERTÊNCIA:

É preciso que o leitor saiba que o autor Chade-Meng foi acusado e investigado de comportamento inapropriado. Chade reconhece o erro em seu blog e em 2018 se afastou dessa própria instituição de meditação que fundou e que leva a marca do Google. Minha suposição é que os acionistas do Google devem ter dado um pé na bunda dele para ele não queimar o nome do Google.

Isso não invalida o método que eles ensinam. Não conheço, mas a marca Google me faz pensar que seu método de ensino de meditação deve ser algo muito bom e positivo.

Essa minha advertência é para termos cuidado com os gurus. Esqueça líderes, marcas e imagens. Se liberte das instituições que tentam tomar posse dos ensinamentos sagrados. Se liberte e busque dentro de você. Ou em inglês: Search Inside Yourself 🙂


Livro: Search Inside Yourself
Sub-título: The unexpected path to achieving success, happiness and world peace
Autor: Chade-Meng Tan
Ano: 2014
Editora: HaperCollins.
O livro está disponível em português como “Busque dentro de você”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s